A gestão de um pet shop é uma série de processos feitos com o intuito de tornar o negócio competitivo dentro desse mercado

11 formas de melhorar a administração do seu Pet Shop!

A gestão de um pet shop é uma série de processos feitos com o intuito de tornar o negócio competitivo dentro desse mercado. Muitas pessoas, porém, não sabem como melhorar a administração do seu negócio para captar mais clientes e gerar lucros.

Com o intuito de ajudar qualquer pessoa que esteja com esse problema, reunimos algumas dicas importantes neste conteúdo, basta continuar com a leitura!

 

Como administrar uma Pet Shop?

Sem dúvida, a indústria de animais domésticos está se expandindo cada vez mais rápido. Pois, um grande número de pessoas está optando por adotar um bichinho para sua família. 

Por outro lado, muitos empresários estão investindo neste campo promissor. Como resultado, a concorrência cresce cada vez mais, o que torna necessário inovar na sua Pet Shop para evitar perdas de mercado ou mesmo para continuar a crescer. Confira logo abaixo algumas dicas para isso!

1. Cuidado com o fluxo de caixa

A ferramenta de gestão que equilibra a tomada de decisão de qualquer negócio é o fluxo caixa. É uma ferramenta para um acompanhamento cuidadoso de todas as transações financeiras, incluindo receitas e despesas, entradas e saídas.

A organização do fluxo de caixa é um componente vital para uma boa gestão de pet shops. Com base nos dados fornecidos a cada mês, é possível planejar os investimentos do negócio, decidir pela contratação ou não de funcionários, identificar as principais fontes de receita, quais são os gastos desnecessários e muito mais.

2. Verifique os impostos que sua loja precisa pagar

A gestão de um pet shop no que diz respeito ao cumprimento fiscal é menos complicada se sua receita bruta anual não for superior a 4,8 milhões de reais.

Nesse caso, a loja é elegível para aderir ao regime do Simples Nacional e pagar quase todos os impostos em uma única parcela conhecida como DAS, ou Documento de Arrecadação do Simples Nacional. 

Confira logo abaixo alguns dos impostos cobrados:

  • ICMS;
  • ISS;
  • Pis/Pasep;
  • IRPJ;
  • Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Entre outros.

O ideal é certificar que o pet shop esteja adequado no regime tributário certo, e fazer o cálculo e o pagamento do DAS dentro do vencimento.

Administrar sua pet shop da maneira correta garante que você sai a frente dentro do mercado pet, veja como fazer isso

3. Controle os estoques 

É crucial ficar de olho no estoque para assegurar que os produtos estejam disponíveis durante todo o ano e evitar perdas de clientes que procuram produtos indisponíveis e acabam indo atrás de concorrentes. 

Você também pode ficar de olho na rotação de estoque para promover a venda de determinados produtos e ofertas especiais em resposta à demanda, o que aumentará sua margem de lucro.

4. Aposte em tecnologia

Outra maneira eficaz de se destacar é ter um aplicativo personalizado que funciona em celulares. Desta forma, o consumidor pode agendar um serviço online, como banho e tosa ou comprar algum produto sem sair de casa. Nos dias de hoje, os consumidores valorizam muito o conforto.

É ainda possível utilizar esta ferramenta para operar uma pet shop virtual. E lembre-se também de ser ativo nas redes sociais; este é um hábito que há muito perdeu sua notoriedade, mas é universal em todos os setores.

5. Adquira mais conhecimento

Faça cursos e busque sempre por novos modelos de gestão para seu pet shop para que você administre seu negócio da melhor forma que puder. Acompanhe as novas tendências comerciais para que possa identificar quais são as novas oportunidades de venda e proporcionar sempre aos seus clientes e animais as melhores opções.

6. Interaja com os pets na frente dos tutores

Certos tipos de serviços prestados em um pet shop necessitam que os funcionários tenham contato direto com os animais, como no caso de banhos e tosas.

Para que os cães e seus donos se sintam confortáveis no ambiente em momentos como esse, é crucial que os colaboradores tenham uma linha direta de comunicação com os cães. 

Mostrar compaixão, cuidado e atenção ajudará os clientes a se sentirem seguros deixando seus pets com os profissionais, e os animais de estimação se sentirão mais à vontade longe de seus donos.

7. Gerencie o relacionamento com os clientes

Para construir um bom relacionamento com seus clientes e seus animais, você deve entender os seus perfis. É fundamental estabelecer essa relação para fidelizá-los e continuar prestando serviços a eles, o que aumentará a receita do seu pet shop.

E você pode contar com o suporte de um software de gestão para ter todas as informações de forma otimizada. Dessa forma, todos os dados serão organizados de forma prática, possibilitando que você e sua equipe gerencie com eficiência o relacionamento e as demandas de cada cliente.

8. Ofereça serviço em domicílio

Na maioria dos casos, as pessoas não têm tempo de sobra para levar seus animais de estimação ao pet shop. Oferecer banho e tosa a domicílio, ou ter um serviço de buscar e entregar os pets, pode facilitar o dia a dia e atrair mais clientes. 

Isso não só oferece uma vantagem competitiva em termos de serviços, como o seu Pet Shop garante conforto ao cliente e aumenta o lucro. No entanto, antes de investir nesse tipo de serviço, lembre-se de adquirir todos os equipamentos necessários, incluindo um veículo adaptado.

9. Ofereça vantagens (brindes, descontos, pacotes de serviços)

Além de fornecer os serviços padrão de banho e tosa, o seu Pet Shop deve atrair clientes oferecendo benefícios que eles não encontrarão em nenhum outro lugar. Oferecer um serviço de qualidade é só uma obrigação necessária. 

Além disso, você tem a opção de selecionar outros tipos de recompensas, como entrega de brindes, cartão fidelidade, brindes promocionais, serviço adicional, entre outras opções.

Não se esqueça de que não são só os animais que precisam de atenção; os seus tutores também têm grande importância. Construa um relacionamento de sucesso com eles.

Administração é importante em qualquer negócio e isso inclui o mercado pet, que no Brasil é um dos maiores do mundo

10. Saiba lidar com o estresse dos animais no banho e tosa

Banho e tosa podem ser experiências difíceis para os pets e, como seus donos estão cientes disso, eles precisam se sentir confiantes antes de deixar seus amados bichinhos aos cuidados do seu pet shop.

Certos pets requerem cuidados especiais, como os idosos e animais de raças mais delicadas. Logo, é responsabilidade do pet shop fornecer a assistência necessária para que o gato ou cachorro se sinta mais à vontade e facilite o processo de forma geral. 

11. Invista em um bom atendimento

É crucial ter uma equipe coesa de vendedores e uma equipe de atendimento ao cliente bem treinada para fornecer um serviço excelente em todos os canais. Usar diversos canais de comunicação para atender o cliente é a tendência do mercado. 

Por fim, caso este conteúdo tenha sido útil para você, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais!

Deixe um comentário